TODO DIA É DIA DE BRINCAR E SER FELIZ!!!

As Brincadeiras  proporcionam uma riqueza inesgotável de situações de aprendizagem além de divertir e estimular o desenvolvimento da criança
Brincar com água, areia, fazer bola de sabão, brincar de casinha, são atividades que fazem parte da rotina da creche Coração de Maria!




































A CRIANÇA E O DIREITO DE BRINCAR
                                                                                   Vera Lígia Bellinazzi Peres
                                                                           Pedagoga

               Brincar é uma das atividades fundamentais para o desenvolvimento da identidade e da autonomia. O fato de a criança, desde muito cedo, poder se comunicar por meio de gestos, sons e mais tarde representar determinado papel na brincadeira faz com que ela desenvolva sua imaginação. Nas brincadeiras as crianças podem desenvolver algumas capacidades importantes, tais como a atenção, a imitação, a memória, a imaginação. Amadurecem também algumas capacidades de socialização, por meio da interação e da utilização e experimentação de regras e papéis sociais.
A diferenciação de papéis se faz presente sobretudo no faz-de-conta, quando as crianças brincam como se fossem o pai, a mãe, o filhinho, o médico, o paciente, heróis e vilões etc., imitando e recriando personagens observados ou imaginados nas suas vivências. A fantasia e a imaginação são elementos fundamentais para que a criança aprenda mais sobre a relação entre as pessoas, sobre o eu e sobre o outro.
Sabemos que brincar é uma realidade cotidiana na vida das crianças. Criança é movimento, é energia, é ação. É difícil pensar na hipótese de alguém que nunca brincou.
As crianças sempre brincam.  Desde as épocas mais antigas, crianças procuram decifrar o mundo através do faz-de-conta expressando de modo simbólico seus desejos, fantasias, medos, sentimentos agressivos e os conhecimentos que vão construindo a partir das experiências que vivem.  O “brincar” é motivado por processos íntimos, é a linguagem secreta a qual exige nosso respeito. Todas as crianças, em todo o mundo, mesmo nas mais terríveis condições de dificuldade, pobreza e proibição, brincam.
Através das brincadeiras a criança vai incorporando características importantes de que precisará na vida adulta, como confiança, capacidade de encarar adversidades e companheirismo. 
Na Educação Infantil, primeira etapa da educação básica, ‘BRINCAR’ deveria ser a principal atividade da criança. A Instituição de Educação Infantil tem como  responsabilidade criar condições para que a criança tenha um desenvolvimento integral em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, oportunidade de pensar, de refletir, de duvidar.  É portanto  imprescindível que haja riqueza e diversidade nas experiências que lhes são oferecidas
As brincadeiras de faz-de-conta, os jogos de construção e aqueles que possuem regras, como os jogos de sociedade (também chamados de jogos de tabuleiro), jogos tradicionais, didáticos, corporais etc., propiciam a ampliação dos conhecimentos infantis por meio da atividade lúdica
É o adulto, na figura do professor, portanto, que, na instituição infantil, ajuda a estruturar o campo das brincadeiras na vida das crianças. Conseqüentemente é ele que organiza sua base estrutural, por meio da oferta de determinados objetos, fantasias, brinquedos ou jogos, da delimitação e arranjo dos espaços e do tempo para brincar. Por meio das brincadeiras os professores podem observar e constituir uma visão dos processos de desenvolvimento das crianças em conjunto e de cada uma em particular, registrando suas capacidades de uso das linguagens, assim como de suas capacidades sociais e dos recursos afetivos e emocionais que dispõem.
Respeitar a criança, faze-la feliz e possibilitar que se desenvolva de forma integral é dever de toda  a sociedade. Brincar é direito, necessidade e especialidade de toda a criança.
    
BIBLIOGRAFIA:
Referencial Curricular Nacional Para educação Infantil - MEC
Revista Criança – MEC

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS DO TEMPO DA VOVÓ

Projeto Pinóquio - onde a fantasia e a imaginação contribuem para o desenvolvimento da criança.

Projeto Panelinha - culináira na Educação Infantil